sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Capitulo 38 – Back to december – Ultimo capitulo!

Hoje, setembro, meu Deus, aqui estou em minha casa em Chicago, pensando na minha vida e olhando para a tela do Note Book, ainda de pijama e com os lençóis atrapalhando a minha digitação, encerrando meu primeiro livro, sim meu livro, a minha biografia pela metade, a minha vida só começou de verdade quando Zac Efron entrou e a deixou mais colorida.

Olhando para nossa situação agora, estamos bem, mas até aqui foram poucas e boas, a melhor época da minha vida, se soubesse que quando fosse pobre fosse um milhão de vezes mais feliz de quando eu tinha tudo...

Não estão entendo não é? Então, vamos começar do começo... Depois que pegamos o avião para NY, passou se os meses, morando na casa do meu pai, foi meio complicado de inicio mas deu certo. Mas o Zac não sucegava , não gostava nada de morar ali sem pagar nada e olha que eu falei pra ele relaxar mais seilá, eu também não gostava muito não .

Antes de oito meses mudamos pro que eu diria, meu luxuoso apartamento de só quatro paredes, era pequeno , sala emendada com cozinha e o nosso quarto kkk, uma cama enorme e até que era confortável, pelo pouco espaço estávamos sempre juntos , então estava ótimo, mas com a chegada do bebe, teriamos que nos apertar mais já que condições para um aluguel mais caro não tínhamos .

E agora estão pensando, que pobres ... E eu vou ter que concordar, mas foi a melhor época da nossa vida!

A Denise nasceu um mês depois, ela era loirinha com os meus olhos, durante o parto Zac segurou minha mão e eu vi ele chorar quando a médica me deu ela nos braços pela primeira vez, ele não conseguia parar de sorrir nas primeiras semanas, a cada partida para trabalhar, era um sacrificio, ele era uma espécie de faz tudo em um escritório de Advogacia e agora estava certo que faria direito .

Era muito ajeitado nosso lar, faziamos o dinheiro render suuuuper rs , e com um ano ali, nossas aquisições já representavam mais poder financeiro, minha mãe passou a cuidar de Denise para eu trabalhar, e o Zac poder começar a faculdade.

Acham que eu esqueci da Ashley? Não nem pensar , o pequeno Patrick iria ser o marido de Denise, planejavamos o futuro de nossos filhos pelo telefone, horas e horas ...

E em meio tudo isso, numa noite de verão, eu e Zac devorávamos juntos um copo de macarrão estantaneo, eram três da manhã, Denise já tinha dois anos e estava na mamãe, eu tinha uma das pernas em cima de Zac e segurava o macarrão sabor camarão que eu amava.

Gargalhávamos com uma série idiota da Tv a cabo, viu ? Percebeu? Tv a cabo, olha como melhoramos? Rs, de repente ele olhou pra mim e sorriu e disse “ eu te amo “ , eu ainda assustada e respondi que também, ai ele levantou e foi pro quarto e voltou rindo, sentou na mesinha de frente pra mim e pediu as minhas mãos.

E começou a dizer o quanto me amava e que eu era a mulher da vida dele e que não queria passar o que estava passando com ninguém mais além de mim, mexeu no bolso e tirou a aliança e a primeira coisa que soltei quando vi foi “Onde conseguiu dinheiro pra isso?” kkkkkkk
O que a pobreza faz com a gente, normalmente, eu choraria de emoção e daria um beijo nele, mas o encarei e pedi satisfação enquanto ele ria.

Van: em?? Onde?
Zac: faz um tempo bem grande que estou economizando amor e consegui! E eu sei que isso – olhou pro apartamento, - não é o que você sonhou, não é o queria, sei que não é o pedido de casamento mais lindo e romântico, eu to com gosto de camarão na boca e sem camisa, cansado e você ainda nem tomou banho – eu gargalhei e ele sorriu – mas, “isso” mesmo sendo o que eu queria, já esta sendo o melhor que poderia acontecer, porque você esta comigo pra passar pelas lutas, quando entramos aqui nesse Ap apertadinho, você disse que era ótimo porque nós iamos nos aproximarmos mais, e eu estava me sentindo tão mal por não poder te dar o que você merecia e quando disse isso , eu tive certeza que se iamos sim nos aproximarmos mais. Anjo, eu desejo você, amo você, quero você toodos os instantes da minha vida, você tornou tudo real e é por isso que quero casar com você, mas e você quer casar comigo ?

Eu sentia meu coração pular dentro de mim, sentia um calor, olhei pra ele e o beijei, e sim aceitei casar com ele.

Naquele momento eu percebi que não era preciso ter milhares de cartões de créditos sem limte e uma conta bancária folgada para ser feliz, que não basta uma casa linda e grande e roupas de marcar para mostrar quem você pro mundo, que o dinheiro não compra a verdadeira felicidade, te traz satisfação que gera felicidade, mas a verdadeira felicidade , a de sentir-se realizado, a de saber que tem tudo que precisa, que tem alguém que te protege, essa ele não compra, não compra o mamaãe de um filho , não compra o sorriso de uma criança que se senti segura nos braços do papai , da mamãe ...

E voltando a dezembro quando tudo começou, eu percebo o quanto sou uma pessoa melhor, o quanto a vida me moldou e me mostrou onde eu errava, vejo o quanto era futil, e aprendo o que a força é a melhor ferramenta para se chegar onde deseja, e não o dinheiro da mãe todo mês. As pessoas crescem e eu sou grata por isso!

E o casamento, bom... Ele aconteceu nove meeses depois, bem simples, família e alguns amigos, o dia mais feliz da minha vida, quando acabou, eu não acreditava que agora eu era uma Efron, que orgulho! :DD

E desde esse dia que apresentamos a Denise ao Patrick e eu Ashley tivemos certeza que eles foram feitos um pro outro, claro que Jared e Zac, deram risada da gente, mas que nossos filhos vão ser marido e mulher, eles vão! Mas desde ai, passaram-se sete anos, e agora eu posso dizer pra vocês que pobreza nunca mais.. Não, brincadeira, mas que agora eu voltei pros meus cartões eu voltei ... Mas não desvalorizo o que passei, aprendi muito com a época mais divertida da minha vida .

Amor terminou a faculdade e mudamos pra Chicago, onde estamos agora e Zac conseguiu um emprego dando assistência judicial para uma empresa relacionada a bolsa, mas ele quer mais, ele vive dizendo que isso é só o começo rs, se isso é o começo imagina onde ele quer terminar? Morram de inveja do meu marido lindo ! Eu também estudo agora pensa o que, Marketing.

É isso gente, minha life, contada aos detalhes aqui, bom, ele, o meu marido entrou no quarto agora e ta me olhando com cara de quem quer fazer algo beeeem legal, se é que me entendem ? kkkk . Feito amores, encerro aqui !

Mas antes o clássico, e fomos felizes para sempre.


--------------------------- The End ---------------------------------

O final geeeente, mimimimimi
Espero que gostem , depois posto os agradecimentos, ah e desculpa a demora povo .
Beijooos *----------------*

5 comentários:

carol disse...

buáaaaaa.....naum acredito que acabou....
essa fic. foi maravilhosa flor...
adorei de mais...(:
o final ficou perfeitinho...
Beijão....espero que venham mais..uashuahs

ღAmambiaღ disse...

AAAAAAAAAAHHHHHHHH!!!!!ACABOU
mas já? nem acredito.
Ri muito com esse final, mas também me emocionei por ser o "final"
eu quero outra fic
Bejoss

• Paula disse...

Aiiiiiiii!
Perfeito esse cap!
Muito muito lindo!
Amei!
O final perfeito para uma história perfeita!
Simplismente lindo!
Bjos

Madelynn Ann disse...

Acabouu??
Não podee
A fic ficou incrivel
Adoreii
Tem mais depois ne??
xoxo

Margarida Oliveira disse...

Um fim esta muito bom só prova quanto forte é um amor puro único e verdadeiro